[RESENHA LITERAL] Ame o que é seu - Emilly Giffin

Editora: Novo Conceito
Autora: Emily Gifiin
Nº de Páginas:  309 / D´bolso 512
Sinopse: Ame o que é seu, conta a história de uma mulher que, após o seu reencontro com alguém do passado, começa a questionar suas escolhas e seus valores. O casamento de Ellen e Andy não parece perfeito, ele é perfeito. Até que em uma tarde supostamente comum, Ellen reencontra Leo, aquele que há 8 anos a deixara com o coração partido. Os sentimentos despertados em Ellen neste momento a fazem questionar se a vida que tem hoje é mesmo aquela que sonhara há anos atrás. 












 Como toda história da Emily Giffin trazemos uma protagonista feminina que é a Ellen. Ela é fotografa, casada com o Andy que é advogado e que ama muito a sua esposa. Nessa história a Ellen conta sobre seu casamento, sobre família e sobre o seu trabalho. Mas ela é uma mulher que sempre se questiona do que vai fazer (e me identifiquei com ela por conta disso). 
Mas tudo parece perfeito até a Ellen reencontrar, por acaso, o seu ex-namorado Leo. E daí as coisas começam a ficar interessantes.
O namoro do Leo e a Ellen acaba de uma forma meio vaga e ela sempre se pergunta do real motivo de terem acabado. Desde esse encontro ela continua com a sua vida, mas sempre pensando no seu ex namorado.

Gente, eu fiquei chocada comigo mesmo e eu mesma disse para a minha amiga que eu sou muito do contra. Sempre fico torcendo para o vilão da história (que não tem nada haver com essa) fique com a mocinha. Acho que isso é influência de séries como The Vampire Diaries entre outros. Mas para mim a história trouxe uma lição de vida, mais uma. Porque em cada livro da Emily que leio aprendo algo mais. Nesse livro ela abordou sobre relacionamentos, basicamente casamento. 
A protagonista da história é uma pessoa séria, mas com muitas dúvidas e perguntas que talvez nunca responda, e por isso ela fica confusa do que deve ou não fazer. Mas em nenhum momento eu tive raiva dela e sim ficava pensando o que ela deveria fazer como se fosse a própria protagonista. 
Uma coisa que gostei bastante nesse livro foi que em alguns momentos a autora colocou o presente, e no mesmo capítulo voltava ao passado para nos explicar e ver o que realmente aconteceu, isso trouxe um pouco do que acontece nos filmes, mas fiquei confusa quando isso acontecia. 
O livro me deixou um triste, mas ao mesmo tempo bem... entendi o porque dá autora ter feito o que aconteceu no livro. Mas lendo para saber realmente o que aconteceu.

Aqui estarei deixando alguns quotes do livro:

Há pessoas, lugares e acontecimentos que o levaram até o relacionamento definitivo. Pessoas, lugares e acontecimentos que você preferiria esquecer ou, no mínimo, fazer de conta que nunca existiram. No final, você poderia colocar um belo rótulo em tudo - como acaso ou destino. Ou poderia então acreditar que faz parte da vida. No entanto, seja qual título der, parece que todo casal tem duas histórias: uma editada para ser assistida no sofá; e uma versão sem cortes, que é melhor deixar para lá.
E parecia mesmo complicado, na medida em que todos os rompimentos são complicados para as partes envolvidas. Mas a realidade crua é muito mais simples. É mais ou menos assim: uma pessoa deixa de amar a outra, ou simplesmente percebe que desde o começo nunca esteve apaixonada, desejando poder retirar tudo o que disse, todas as promessas feitas de coração.
O que mais te atrai é exatamente o que vai te levar à loucura.
Vou dar quatro estrelas ao livro, pois eu não me senti totalmente ligada a ele, mas eu percebi que os acontecimentos deveriam ser esses e respeito. Afinal não posso fazer nada além disso.



2 comentários:

  1. Oi :)

    Da Giffin li apenas Questões do Coração e gostei muito, pretendo ler outras coisas dela. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Questões do Coração realmente é ótimo, eu achei um pouco parecido com o Ame o que é seu, mas cada um com as suas particularidades. E já li mais dois da Giffin que tem resenha aqui no blog. O Presentes da Vida, e o Laços Inseparáveis.

      Excluir