[RESENHA LITERAL] Um toque de Vermelho - Sylvia Day


Editora: Paralela
Autora: Sylvia Day
Nº de Páginas:  304
Sinopse: Andrian Mitchell não é um homem qualquer. Além de ser o mais sensual, elegante e charmoso dos seres, também é o grande líder de uma unidade de elite de Operações Especiais dos Serafins. Sua missão: controlar vampiros e licanos. Mas o seu encontro, depois de quase duzentos anos, com a alma da mulher que ama, no corpo da bela Lindsay, os leva a uma proibida paixão que poderá colocar tudo a perder. 









Nesse livro encontramos com uma mistura muito boa, e um mundo totalmente novo do que a Sylvia Day escreve. No começo se passa muito rápido, mas entendemos que se passa num universo onde Anjos e Vampiros e qualquer demônio são grandes inimigos e é ai que entra um grande impasse. 
Em um passado distante, vemos o Andrian Mitchell que é o líder dos Serafins e se apaixona pela filha de um vampiro (que antes era um anjo e teve suas asas arrancadas pelo Andrian, o Syre) Shadoe. Só que os anjos não podem ter qualquer envolvimento sexual com qualquer indivíduo, senão o mesmo terá a suas asas arrancadas se transformando em um vampiro. Depois uma batalha travada pelo Andrian e Syre, a Shadoe morre antes de ser transformada em uma vampira e por ser nefilim (filha de um ajo com um humano) tem a sua alma eternizada, e sempre fica reencarnando em vários corpos.
No momento atual do livro, encontramos com a Lindsay Gibson uma mulher, independente, forte e que não admite ser comandada por ninguém, em um aeroporto. E nesse mesmo lugar está o Andrian que fica encantado quando encontra a Lindsay e no mesmo momento descobre que ela é uma reencarnação da Shadoe. 
Só que pra ficar melhor a história sempre tem que ter um drama né? Então, a Lindsay não sabe que é uma reencarnação da Shadoe, mas fica totalmente encantada pelo nosso anjo.

Lindsay afastou da testa uma mecha dos cabelos molhados para apreciar melhor os detalhes. Sex appeal da cabeça aos pés, era o que aquele cara tinha. -Pág. 17
E depois de passar 200 anos sem encontrar a sua amada o nosso anjo fica completamente louco de desejo pela Lindsay e é apartir daí que a história começa a ficar boa.

Duzentos malditos anos. Era o tempo suficiente para transformá-lo num sujeito perigoso. Um serafim com o coração endurecido era um perigo para todos ao redor. Inclusive para ela, porque seu desejo era tão voraz e urgente que ele não sabia se era capaz de controlá-lo. Quando ela se foi, o mundo acabou para Andrian. - Pág. 27
 Sempre fiquei curiosa para saber como seria um livro totalmente hot com personagens do mundo sobrenatural, e aí está. A diva do mundo hot criou e num é que ficou bom?!
 Gostei até mais do que a série Crossfire, e me cansou muito pelas grandes brigas do casal protagosnista. 
Nesse livro vemos as grandes mudanças nos nossos personagens, as reais atitudes de pessoas que amam, e o que fazer para nunca machucar quem amamos. Fora as cenas HOT (é alguns já sabe que amo esses livros).
 Pra quem ainda não sabe esse é o primeiro livro da série Renegade Angels, já foi lançado o segundo Um Desejo Selvagem, que ainda não li, mas que está focado em outro casal que vemos no primeiro livro.
Bom foi isso eu amei a história é super fácil de entender, mas fiquei cansada de ler as cenas com o Syre e a sua turma e sempre tinha vontade de passar, mas pra entender tem que ler... fazer o que!

Depois irei fazer mais resenhas dos livros da Sylvia! Espero que tenham gostado, beijinhos.

 




Nenhum comentário:

Postar um comentário